O Programa de Incentivo à Educação Superior (PIES) foi instituído pela Resolução n° 42, de 28 de abril de 2015, com o objetivo de apoiar a elevação do perfil educacional e da aprendizagem contínua dos servidores para atender à complexidade e diversidade das atividades desenvolvidas no Tribunal de Contas do Estado da Bahia, consoante com a missão e função social da Instituição.

Consiste na concessão anual de até 5 (cinco) bolsas para cursos de graduação e até 12 (doze) para cursos de pós-graduação nas modalidades de especialização, mestrado e doutorado, conforme exista disponibilidade orçamentária e financeira, de acordo com as regras contidas no Edital de Convocação e Seleção de Interessados.

As bolsas de estudo, equivalentes a 70% do valor das mensalidades, terão vigência a partir do mês posterior à divulgação do resultado da seleção, pelo período de duração do curso, sendo renovada semestralmente, desde que o servidor beneficiário do Programa apresente rendimento acadêmico com média aritmética global igual ou superior a 7,0 (sete) ou conceito equivalente, e freqüência igual ou superior a 75% da carga horária das disciplinas, no semestre anterior.

Podem se inscrever no Programa os servidores que apresentem as seguintes condições:

  • ativos, do quadro permanente, com 03 (três) anos de serviço, no mínimo;

  • não tenham grau de escolaridade de nível superior, no caso de candidatos a bolsas de graduação, salvo se for uma segunda graduação relacionada à atividade finalística do Tribunal de Contas do Estado da Bahia;

  • não tenham realizado cursos de graduação, ou especialização, ou mestrado ou doutourado, financiados pelo Tribunal de Contas do Estado da Bahia, na mesma modalidade de curso, com exceção para os cursos promovidos e coordenados pela ECPL, em parceria com instituições de ensino superior, no âmbito do seu Programa de Educação Continuada;

  • tenham obtido, no mínimo, 75% da pontuação na avaliação de desempenho individual do ano anterior, utilizada para fins de pagamento da Parcela Variável pelo Exercício do Controle Externo;

  • apresentem projetos de pesquisa adequados aos interesses do Tribunal de Contas do Estado da Bahia, no caso de candidatos a bolsistas de cursos de pós-graduação (especialização, mestrado ou doutorado);

  • não estejam cedidos a outros órgãos ou entidades e não estejam em gozo de licenças por motivo de doença ou de afastamento de cônjuge ou companheiro, ou, ainda para tratar de interesse particular;

  • tenham idade que permita a conclusão do curso e o cumprimento do prazo de permanência no Tribunal indicado no art. 7°, §1° da Resolução N° 42/2015, antes da sua inativação compulsória.

 

As bolsas de estudo só poderão ser concedidas para cursos que apresentem os seguintes requisitos:

  • cursos de graduação autorizados pelo Ministério de Educação (MEC) há pelo menos 02 (dois) anos;

  • cursos de pós-graduação em especialização oferecidos por instituições com autorização de funcionamento há pelo menos 05 (cinco) anos;

  • cursos de pós-graduação em mestrado ou doutorado que tenham obtido, no mínimo, nota 3 na última avaliação realizada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES);

  • cursos de funcionamento noturno, no caso de graduação, ou na modalidade de ensino à distância (EaD);

  • cursos relacionados diretamente ás atividades dos cargos efetivos ocupados pelo servidor no Tribunal, ou do cargo comissionado ocupado por servidor efetivo, salvo para as hipóteses de primeira graduação do servidor.

 

O processos de inscrição e seleção para o Programa, bem como o acompanhamento dos bolsistas, serão coordenados pela Escola de Contas Conselheiro José Borba Pedreira Lapa - ECPL, obedecendo calendário divulgado no Portal do TCE/BA.

Calendário do Novo Processo Seletivo - 2019.2

EtapaData
Inscrições
12/08 a 2/09
Seleção pela ECPL
 3 a 9/09
Encaminhamento do resultado da seleção à Presidência
16/09
Divulgação do resultado final
 23/09

 

Resolução 42/2015

Resolução 120/2018

Resolução 90/2016

Regulamento Interno

Edital 2019.2

 
 
 
RESULTADO DO PROCESSO SELETIVO 2019.1
 
 

Bolsa de Estudo para Curso de Pós-Graduação

SERVIDORES CONTEMPLADOS  LOTAÇÃO   CARGO/FUNÇÃO CURSO INSTITUIÇÃO

 Antônio Luiz Carneiro

 4ª CCE  Auditor Estadual de Controle Externo / Coordenador da 4ª CCE  Especialização em Direito Processual Civil  Universidade Salvador- Unifacs
 
 

BOLSAS VIGENTES

 

 Bolsa de Estudo para Curso de 2ª Graduação

 
             Servidor Contemplado
  Curso
            Instituição
Dalva Andrade Erdens Direito   Faculdade Batista Brasileira
 Tatiane Paty Santos Ribeiro
Direito
Universidade Salvador (Unifacs)
   
 

Bolsa de Estudo para Curso de Pós-Graduação

 
Servidor Contemplado
                             Curso
         Instituição
Morgana Bellazzi de Oliveira Carvalho
 Doutoramento em Direito Público: Estado Social, Constituição e Pobreza  Universidade de Coimbra - Portugal 
Euler Vicente Lessa de Almeida
Especialização em Business Intelligence e Big Data Universidade Salvador (Unifacs)