Ir para o conteúdo

Autenticação

Precisamos nos livrar dos juízos de valor!

IMG 1061Temos que nos debruçar sobre os fatos e nos desprender de todos os nossos preconceitos. Essa foi a principal mensagem passada pelo filme "Doze homens e uma sentença", dirigido e escrito por Reginald Rose, e que retrata o perfil de 12 homens que formam um corpo de jurados de um julgamento. O filme foi exibido na tarde desta quarta-feira (17.05), na segunda sessão de 2017 do projeto Cine TCE, idealizado pelo Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA) por meio da Escola de Contas José Borba Pedreira Lapa (ECPL). O filme foi sugerido pela assessora do MPC, Morgana Bellazi.

Os 12 homens são colocados numa sala – praticamente a única locação do filme – onde deverão discutir até chegar a um veredito. Numa votação preliminar, 11 votos indicam o réu como culpado, e apenas um considera que não há provas suficientemente irrefutáveis da autoria do crime. Em nenhum momento esse jurado expôs ter certeza da inocência, mas queria discutir com os demais algumas dúvidas razoáveis acerca dos fatos postos.

A partir daí cada personagem vai revelando uma personalidade distinta. No filme, fica claro o preconceito que alguns jurados tinham com as características do jovem suspeito. Um jovem rapaz latino (nascido em Porto Rico), pobre, advindo de um cortiço.

"Esse filme nos mostra que, de fato, precisamos analisar todos os contextos. Os fatos, as variáveis e nos atentar a provas concretas. Ele também é muito rico para o nossa Corte de Contas, porque cada personalidade dessas 12 pessoas faz parte de nós. Já que, às vezes, somos individualistas e temos alguns preconceitos. Então, temos que nos lembrar sempre de nos atentarmos às provas e sermos isentos de juízo de valor", concluiu Morgana Bellazi.

Ao final da sessão de cinema, a assessora do MPC fez a mediação do debate em torno das diversas questões abordadas no filme, que examina de forma provocante o preconceito, a raiva, a diferentes personalidades, a ignorância e o medo dos 12 homens que fazem parte da trama.