Ir para o conteúdo

Autenticação

“Pretendemos transformar o indivíduo em um auditor público cidadão”

 

batepapoO ouvidor adjunto do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA), Paulo Figueiredo, foi o entrevistado desta terça-feira (31.10) no programa Assembleia Entrevista, produzido pela TV Assembleia. A entrevistadora Luana Brito, âncora do programa, conversou com o servidor do TCE/BA sobre diversos temas, dando maior enfoque aos projetos desenvolvidos pela Ouvidoria para se aproximar da sociedade, a exemplo da Ouvidoria vai à Escola e Caravana da Ouvidoria.

Em um programa de três blocos, em meio a um bate-papo descontraído, a entrevistadora pediu para que o ouvidor contextualizasse o trabalho do Tribunal de Contas e o funcionamento do órgão de controle. Paulo Figueiredo também descreveu as ações que têm levado o Tribunal a se aproximar cada vez mais do cidadão e a trilhar o caminho da transparência.

Na oportunidade, Paulo Figueiredo convidou os telespectadores a participarem da fiscalização dos recursos públicos. “Pretendemos transformar o indivíduo num auditor público cidadão, capaz de conduzir o processo de organização coletiva e sempre com a intenção de promover mudanças e fazer o estado funcionar bem. Orientamos o cidadão para que ele saiba que as praças, escolas e obras públicas são deles, porque eles pagam impostos e tudo isso é construído com dinheiro público”, ressaltou.

finalO ouvidor adjunto convidou os telespectadores a exercer o controle social por meio dos canais de comunicação do TCE/BA com o cidadão: “Em caso de alguma irregularidade, registre sua manifestação nos canais disponíveis de comunicação do Tribunal, a exemplo do endereço do Portal do TCE/BA (www.tce.ba.gov.br), do WhatsApp (71) 99902-0166 da instituição ou pelo telefone 0800 2843115. Não deixe de contar a história e de fornecer as informações necessárias. A pessoa pode solicitar o anonimato ou sigilo das informações”, explicou Paulo Figueiredo.

No último bloco, o ouvidor também teve a oportunidade de responder às perguntas enviadas pelos telespectadores, tirando dúvidas. Ele ainda explicou como as denúncias de irregularidades na administração pública podem ser feitas e como os cidadãos podem solicitar a visita do projeto Ouvidoria vai à escola, desenvolvido pelo TCE/BA em parceria com a Secretaria da Educação (SEC).