Ir para o conteúdo

Autenticação

Rede ODP planeja ações de prevenção, de combate à corrupção e de monitoramento das despesas públicas

 

20171109 181541 1.ODP 1 2Com o objetivo de dar maior efetividade às ações na prevenção de desvios e no monitoramento das despesas públicas, representantes da Rede do Observatório da Despesa Pública-ODP estiveram reunidos, em novembro, no Instituto Serzedello Corrêa, em Brasília, no Workshop de Planejamento Estratégico da Rede do Observatório da Despesa Pública-ODP, com a intenção de definir o Planejamento Estratégico para o período 2018-2022.

A assessora de Gabinete do Conselheiro Marcus Presídio, Renata Muricy Hirs; e os gerentes de Desenvolvimento da Gestão do Controle Externo (Gdex), Augusto César Pinheiro de Mattos, e de Informações Estratégicas e Apoio à Auditoria (Gati), Augusto Gonçalves de Sousa, somaram esforços junto aos 40 servidores de diversos Tribunais de Contas do país e da Diretoria de Informações Estratégicas (DIE), para maximizar resultados e dar maior efetividade às ações dos entes federativos na prevenção de desvios e no monitoramento das despesas públicas.

Na oportunidade, o grupo discutiu e propôs objetivos e iniciativas que possam favorecer a tomada de decisões por parte dos entes integrantes do Observatório da Despesa Pública (ODP) nos estados e nos Tribunais de Contas. A Rede ODP conta com a adesão de 12 estados, 26 municípios, 17 Tribunais de Contas Estaduais e três Tribunais de Contas Municipais, abrangendo os controles interno e externo nos entes estaduais.

Participaram também do workshop o secretário-executivo da CGU, José Marcelo; o diretor da DIE, Gilson Libório, e o gerente de Projetos, Luciano Altoé, que encerraram o evento, destacando a integração e o envolvimento dos participantes na elaboração do Planejamento Estratégico, que será o instrumento norteador das ações da Rede ODP para os próximos cinco anos.

Rede ODP

A Rede ODP atua em âmbito nacional e abrange o Observatório da Despesa Pública (ODP) no Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU), em Brasília/DF; os ODP estaduais, nos estados signatários de Acordo de Cooperação Técnica com a CGU; os Tribunais de Contas, por meio de suas Unidades de Informações Estratégicas (UIE), projeto denominado ODP.TC; e os municípios que aderiram ao projeto através dos ODPs estaduais.

O Observatório da Despesa Pública (ODP) é uma espécie de malha fina dos procedimentos governamentais em diversos setores, que produz informações estratégicas, úteis para a auditoria e fiscalização dos recursos públicos. Para reproduzir o modelo de atuação do ODP nos estados brasileiros, o Ministério da Transparência criou o projeto ODP.estadual.