Ir para o conteúdo

Autenticação

Caixa Econômica capacita servidores do TCE/BA para utilização do Sinapi

sinapi engenheirosServidores do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA) participaram, nesta terça-feira (11.09), de treinamento realizado pela Caixa Econômica Federal para utilização do Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (Sinapi). Os engenheiros civis José Francineudo da Silva e Alfredo Pedro de Alcântara, servidores da Caixa Econômica Federal, apresentaram a ferramenta que visa auxiliar nos trabalhos auditoriais com base no estudo de custos em obras públicas. A capacitação segue até amanhã, dia 12.09, na sala de treinamento da Escola de Contas Conselheiro José Borba Pedreira Lapa (ECPL).

O facilitador José Francineudo explicou que o Sinapi divulga, mensalmente, relatório de preços referenciais da construção civil em nível urbano. A gestão do sistema é compartilhada entre a Caixa e o IBGE. O Banco é responsável pela base técnica de engenharia (especificação de insumos, composições de serviços e projetos referenciais) e pelo processamento de dados, enquanto o IBGE faz a pesquisa mensal de preço, metodologia e formação dos índices.

“É por meio dela que é possível aferir se uma obra é superfaturada ou subfaturada. Com esta ferramenta, a entidade conveniada, neste caso o TCE, vai ter a oportunidade de fazer a inserção de orçamentos, composições e insumos referenciais no âmbito regional. O Sinapi é o teto de referência”, explicou o instrutor da Caixa.

De acordo com o gerente de auditoria da Gerência 7C, Heinz Hulrich Ruther, a reciclagem do Sinapi vai permitir atualizações periódicas de valores, o que facilitará e muito o trabalho dos auditores. “É uma ferramenta que agrega aos trabalhos auditoriais mais critérios de avaliação e economicidade. O sistema serve para compararmos preços. Teremos acesso a um banco de insumos e composições, além da geração de relatórios analíticos de suas referências”, concluiu.