Ir para o conteúdo

Autenticação

Casa Aberta desperta consciência da comunidade estudantil sobre exercício da cidadania

IMG 8444O Projeto Casa Aberta busca incessantemente despertar nos jovens a consciência sobre a importância de exercer plenamente sua cidadania. Na tarde desta terça-feira (30.10), 33 alunos do ensino fundamental 2 e quatro funcionários do Colégio Estadual Azevedo Fernandes, localizado no coração cultural de Salvador, o Pelourinho, foram recebidos pela assessora adjunta da ECPL, Cristiane Vasconcelos, e pelo auditor estadual de Controle Externo, Juvenal Alves, que transmitiu a mensagem de que "somente se fiscalizarmos e conservarmos bem o que já foi feito, será possível melhorar a estrutura”.

Em seguida, estudantes e funcionários acompanharem uma sessão plenária e tiveram a oportunidade de conhecer o papel de taquígrafos e sobre a história do TCE/BA. Na sequência, foram recepcionados no Centro de Estudos e Desenvolvimento de Tecnologias para a Auditoria (Cedasc) pelo gerente de infraestrutura do setor, Willian Magno, que explicou e tirou dúvidas sobre as tecnologias de ponta utilizadas para auxiliar no desenvolvimento de tarefas do órgão. Logo após, os visitantes foram guiados até a sala de treinamento da ECPL, onde puderam assistir ao vídeo institucional "TCE mais perto de você” e participar da palestra de Juvenal Costa acerca do funcionamento da Ouvidoria e a importância da participação de toda a sociedade para uma boa fiscalização.

IMG 8466 copyCriado há três anos pelo Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA) por intermédio da Escola de Contas Conselheiro José Borba Pedreira Lapa (ECPL), o Projeto Casa Aberta fomenta o controle social, aproximando a comunidade estudantil dos órgãos de controle, além de oferecer conhecimento e novas perspectivas de atuação na sociedade.

Como forma de finalizar a visita, foram distribuídos brindes produzidos pelo TCE/BA, dentre eles, mochilas e canetas personalizadas especificamente para o projeto, cartilha “o TCE quer ouvir você”, a revista em quadrinhos “Você no controle” e o fôlder que apresenta o aplicativo “TCE Cidadão”.

DEPOIMENTOS

“É uma oportunidade ímpar que está sendo oferecida aos alunos. Os mesmos estavam distantes dessa realidade de controle. Não tinham consciência de que os impostos que pagam retonam para sociedade em serviços essencias, a exemplo da educação, saúde, transporte, infraestrutura. Acredito que esse conhecimento adquirido reflita no comportamento em sala de aula, na conservação do bem público; na consciência sobre a merenda, que está sendo servida graças ao dinheiro público. Com certeza essa visita gerará bons frutos para um futuro próximo”.
Eliana Teles dos Anjos, diretora do Colégio Estadual Azevedo Fernandes

“Acho interessante esse trabalho desenvolvido pelo Tribunal, já que, por meio dessa iniciativa, alunos da rede pública podem conhecer de perto a atuação de um órgão de controle e aprender um pouco sobre administração dos recursos públicos. Eu mesmo, que acompanho, acabo aprendendo por meio das palestras e do vídeo institucional que resume e explica o que não é de conhecimento de todos”.
Márcio de Jesus Santos, assistente de Protocolo da ECPL

“Antes da visita de hoje, nunca havia tido a oportunidade de conhecer um órgão como este, que trabalha para coibir os desvios de dinheiro e combater a corrupção. Foi muito bom ter vindo, e conhecer algo que eu nem sabia da existência. De um órgão que fiscaliza a aplicação dos recursos públicos”.
Paulo Mateus, estudante do ensino fundamental 2 do Colégio Estadual Azevedo Fernandes