2024 06 10 eventoTCUO presidente do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA), conselheiro Marcus Presidio, participou, nesta segunda-feira (10.06), da mesa-redonda que tratou dos novos institutos da Nova Lei de Licitações (nº 14.133/2021), realizada na sede da Fundação Getúlio Vargas, no bairro Botafogo, no Rio de Janeiro. A mesa-redonda foi presidida pelo ministro Benjamin Zymler, do Tribunal de Contas da União (TCU), e contou com a participação de formadores de opinião, especialistas em Direito Administrativo e representantes do controle, que, na oportunidade, debateram sobre as principais inovações da Lei 14.133/2021. Durante a reunião, foram abordados ainda o regime de fornecimento e prestação de serviço associado à remuneração variável vinculada ao desempenho do contratado, o credenciamento e o procedimento de manifestação de interesse.

2024 06 10 MArcus PresidioNa oportunidade, o presidente Marcus Presidio destacou a valorosa iniciativa do Núcleo de Justiça da Fundação Getúlio Vargas em agendar, com o apoio do ministro Benjamin Zymler, a mesa-redonda com a participação de vários representantes dos Tribunais de Contas do Brasil a fim de traçar o panorama da aplicação da Nova Lei de Licitações nos estados e municípios. “Este evento é uma grande oportunidade de trocar experiências e de os Tribunais de Contas se colocarem como orientadores dos gestores públicos quanto à aplicação da Lei 14.133, principalmente no que diz respeito ao caráter pedagógico, suplantando o caráter punitivo. A Lei traz modernidade à gestão pública e preenche lacunas em relação à lei anterior. Dessa forma, parabenizo a todos os organizadores pela iniciativa, que contribui para que os órgãos de controle desempenhem melhor o seu papel e cada vez mais fortaleçam a sua atividade fiscalizadora”, disse Marcus Presidio.

gabriel 1Dando início ao primeiro dos sete encontros do Workshop Somos TCE, que busca promover um ambiente de trabalho mais colaborativo e empenhado nos melhores resultados da instituição, servidores e gestores do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA) se reuniram no plenário Conselheiro Lafayette Pondé, durante a manhã e a tarde desta segunda-feira (10.06), para a palestra do especialista em Psicologia Positiva, Emocional e Coaching Executivo, Gabriel Carneiro Costa.

O Workshop integra o Programa de Engajamento e Integração de Servidores, desenvolvido pela Gerência de Gestão Estratégica de Pessoas, que é vinculada à Diretoria de Recursos Humanos (DRH). Durante a abertura, o corregedor do TCE/BA, conselheiro Gildásio Penedo Filho, representando o presidente Marcus Presidio, ressaltou a importância do encontro, que teve como tema ‘Como Desenvolver Maior Engajamento e Qualidade Emocional no Ambiente de Trabalho’. “No mundo contemporâneo, cheio de desafios, a inteligência emocional passou a ser determinante na formação e no resultado prático das ações desse servidor para com a sua instituição. É um foco importante que é atacado, neste momento, pela administração”, destacou.

A palestra abordou as ferramentas de inteligência emocional, formas como as pessoas se relacionam e os impulsos que levam as pessoas a se relacionarem em situações favoráveis e desfavoráveis. “O objetivo é o desenvolvimento pessoal baseado em inteligência emocional. Todos nós temos dores, traumas, estresses e problemas fora do ambiente de trabalho. E temos também um padrão de impulso e de pensamento”, disse Gabriel Carneiro.

gilA partir do tema, ele falou sobre a importância do treinamento para aperfeiçoar as habilidades pessoais e profissionais. "Talvez você não seja a pessoa mais descontraída em toda a tua turma, mas, se for a mais tímida, vai ser mais difícil estar no ambiente. E você vai deixar aquele lugar por causa disso? (…) Daí vem a frase que eu já usei várias vezes: bota a fralda e vai. O primeiro dia é difícil, porque você não estava acostumado a ser espontâneo, comunicativo, é um processo”, afirmou Gabriel, trazendo o exemplo pessoal:

“Vocês podem achar que eu falo bonito, mas são dezesseis anos que faço o que faço. No mínimo cinquenta palestras por ano, no meu pior ano. Então, faça esse exercício, sabe? A sua primeira palestra vai ser ruim, só que não existe uma segunda palestra sem a primeira. Por isso hoje eu me sinto aqui tranquilo, sem me apegar ao roteiro. O desafio pessoal é o começo, que é chato, é difícil, é treino. Mas tem que começar”, aconselhou Gabriel Cerneiro.

publico tceAo longo da apresentação, o palestrante fez uma atividade com servidores sobre os cinco compulsores do comportamento: seja forte, apressa-te, agrade, esforça-te e seja perfeito. De acordo com Carneiro, não existe um compulsor bom ou ruim, mas eles indicam a nossa forma de agir e reagir por impulso, sem raciocinar.

“Agradar aos outros, é alguém que tem muita dificuldade de dizer não, é alguém que vai colocar sempre a necessidade do outro acima da sua própria, mas alguém ao mesmo tempo costuma ser muito carismático, simpático. Seja forte é a ideia da força, da solidez, essa pessoa não vai reclamar de sono, de cansaço, de preguiça, de tristeza e geralmente são mais fechadas, menos sociais, com menos capacidade de troca. Mas também alguém que não vai se vitimizar, alguém que não vai ficar completamente abalado, está mais centrado ali”, explicou.

Para o especialista, é necessário rever os impulsos mais utilizados para melhorar o relacionamento, tanto no ambiente familiar quanto profissional. “A saída do compulsor é você se vigiar e colocar em treino, porque o impulso é rápido, mas as consequências demoram. Eu posso muito rápido ser grosseiro com alguém, mas aí a pessoa não vem mais aqui, vai falar mal de mim para os outros e aí o conflito surge”, concluiu.

 

capacitacao angola

Representantes do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA) encerraram, na última sexta-feira (7.06) a jornada de capacitação dos servidores do Tribunal de Contas de Angola, cujos trabalhos foram desenvolvidos em um período de 35 horas. O evento, realizado no âmbito do Convênio de Cooperação técnica celebrado pelo Conselheiro Marcus Presidio, entre o Tribunal de Contas do Estado da Bahia e o Tribunal africano, contou com mais de 120 auditores daquele Tribunal, além de servidores da Procuradoria Geral da República (PGR) e do órgão de controle interno daquele país.

Os cinco dias de treinamento se destinaram à formação dos treinandos em auditoria de compliance, com foco na aplicação das normas ISSAI, sobretudo as Issai 400 e 4000.

No último dia foi aplicada uma avaliação para verificar a assimilação do conteúdo, que levou em consideração trabalhos em grupos, prova de múltipla escolha, presença e desempenho das apresentações ao público. O último dia também serviu para esclarecer dúvidas e apresentar a revisão dos temas mais relevantes.

capacitacao angola cons InaldoO vice-presidente de Auditoria do Instituto Rui Barbosa, conselheiro Inaldo Araújo, também destacou a participação intensiva de todos e agradeceu o apoio da USAID (Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional) e do Corpo de Voluntários de Serviços Financeiros (FSVC), organismos internacionais que contribuíram com a realização do evento de capacitação, com o financiamento das passagens, e fez agradecimentos em nome do amigo, conselheiro- presidente Sebastião Gunza, assim como da juíza conselheira Olinda França, que enalteceu a capacitação e a disposição do corpo técnico do TCE/BA. A cerimônia terminou com a entrega de diploma aos formandos.

O Secretário de Controle Externo do TCE/BA, José Raimundo Aguiar, afirmou que, nesse período, os treinandos demonstraram uma grande evolução, com brilhante avanço no conteúdo das citadas normas de auditoria. Já Wendel Ramos destacou a evolução na compreensão dos conceitos de riscos de auditoria, enquanto Edmilson Galiza elogiou o empenho de todos e destacou que estão prontos para iniciar a transição para a utilização dos recursos tecnológicos adotados pelo TCE/BA que suportam a auditoria, especialmente o Sistema de Gerenciamento de Auditoria e o Sistema de Observação das Contas Públicas.

card festejos juninos

 

O Ministério Público estadual prorrogou até o próximo domingo, dia 9, o prazo para os gestores municipais responsáveis pela organização dos festejos juninos, ocorridos entre os dias 1º de maio e 31 de julho, informarem ao ‘Painel de Transparência’ os dados sobres investimentos realizados com contratações públicas de atrações artísticas.

O prazo foi prorrogado em virtude da enorme demanda dos municípios verificada pelo MP nesta quinta-feira, dia 6.

Até as 18h de ontem, dia 6, mais de 294 municípios prestaram informações ao Ministério Público sobre um total de 2.505 contratações que somaram um montante superior a 291 milhões de reais. A consolidação final dos dados se dará após 31 de julho, quando termina a segunda janela para envio de informações complementares pelos Municípios, que se inicia no dia 14 de junho.

Transparentômetro 

O Painel passa a trazer a ainda o ‘Transparentômetro’, que diariamente vai atualizar, de forma sintética, os valores já informados e as listas dos municípios que disponibilizaram e que não encaminharam os dados. A atualização diária acontece até o próximo dia 13 de junho, quando ocorrerá o evento de entrega do Selo de Transparência para os gestores que colaboraram com o Painel. 

Confira as regras para concessão do Selo

Ferramenta de incentivo à transparência pública, ao exercício da cidadania e de apoio à gestão eficiente dos recursos públicos no fomento à cultura e ao turismo baianos, o ‘Painel de Transparência dos Festejos Juninos nos Municípios do Estado da Bahia’ foi concebido e desenvolvido pelo Ministério Público estadual em parceria com os Ministérios Públicos de Contas junto aos Tribunais de Contas do Estado (MPC/TCE) e aos Municípios (MPC/TCM), Tribunais de Contas do Estado (TCE) e dos Municípios (TCM), Rede de Controle da Gestão Pública na Bahia e com o apoio da União dos Municípios da Bahia (UPB), União das Controladorias Internas da Bahia (UCIB), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE/BA), Universidade Federal da Bahia (UFBA) e Governo do Estado da Bahia. Ele conta com dados voluntariamente fornecidos pelos entes públicos, que são certificados com o selo de transparência nos festejos juninos em reconhecimento à boa prática de gestão pública. 

premio servidorA Secretaria da Administração do Estado da Bahia (Saeb) abriu as inscrições para a 17ª edição do Prêmio Servidor Cidadão, que reconhece ações voluntárias desenvolvidas pelos servidores estaduais em toda a Bahia. A iniciativa irá destinar R$42 mil para a premiação dos vencedores (do primeiro ao décimo lugar) e R$10 mil para uma das instituições sem fins lucrativos beneficiadas pelas ações dos servidores que ficarem entre os cinco primeiros colocados.

Podem participar da premiação servidores ou grupo de servidores da ativa, ocupantes de cargo comissionado, contratados via Reda, vinculados ao Poder Executivo, Legislativo ou Judiciário, que desenvolvam, no seu dia a dia, ações que tenham impacto social.

As inscrições devem ser realizadas exclusivamente pela internet, no site https://www.rhbahia.ba.gov.br/, até o dia 20 de julho de 2024. Os servidores interessados podem obter mais informações com a Coordenação de Valorização e Desenvolvimento de Pessoas da SAEB por meio do telefone (71) 3115-1553 ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Página 4 de 798