TCE/BA promove a nona edição da Caminhada de Prevenção à ObesidadeCom o objetivo de alertar e conscientizar os servidores do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA) sobre os riscos da obesidade para saúde, o Serviço Social (Seras) promove a 9ª Caminhada de Prevenção à Obesidade, que ocorrerá no dia 07 de outubro, com previsão de saída às 6 horas da manhã.

As inscrições estão abertas até a próxima quinta-feira (29.09) e podem ser realizadas no Seras ou pelo ramal 54475. A caminhada, que faz parte do Programa Saúde e Bem-Estar, tem por objetivo estimular os servidores da Casa a adotar hábitos saudáveis de alimentação e fazer atividades físicas, prevenindo-se contra doenças.

O percurso será o já tradicional: com saída do estacionamento do TCE-BA, passando pela 5ª Avenida (em frente ao Tribunal de Justiça), 3ª Avenida, retorno na Fundação Luís Eduardo Magalhães, 1ª Avenida, Centro de Exposições (Balança), em frente à Assembleia Legislativa, retorno próximo à Av. Paralela, 4ª Avenida e chegada no Subsolo do TCE/BA.

A atividade contará com a presença de um médico, Dr. Caio Sérgio Peixoto; de uma ambulância com UTI móvel e paramédicos; além do acompanhamento de batedores do Pelotão Águia da Polícia Militar.

O participante precisa usar roupas e calçados confortáveis.

Obesidade

A obesidade é caracterizada pelo acúmulo excessivo de gordura corporal. Dentre os fatores que causam a obesidade estão os nutricionais, fisiológicos, genéticos, psiquiátricos e psicológicos, comportamentais e ambientais.

A prevenção contra a obesidade passa pela conscientização da importância da atividade física e da alimentação adequada. O estilo de vida sedentário, as refeições com poucos vegetais e frutas, além do excesso de alimentos com fritura e açúcar se refletem no aumento de pessoas obesas, em todas as faixas etárias.

O conselheiro João Evilásio Vasconcelos Bonfim apresentou a versão impressa, completa e simplificada, do Relatório e Parecer Prévio sobre as contas do Chefe do Poder Executivo do Estado da BahiaO conselheiro João Evilásio Vasconcelos Bonfim apresentou, na sessão plenária desta terça-feira (27.09), aos demais conselheiros do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA) a versão impressa, completa e simplificada, do Relatório e Parecer Prévio sobre as contas do Chefe do Poder Executivo do Estado da Bahia, do qual foi o relator. O documento foi elogiado pelos conselheiros Inaldo da Paixão Santos Araújo (Presidente) e Gildásio da Silva Penedo (Vice), em razão do bom gosto de sua apresentação gráfica, que traz na capa uma simbologia da trajetória do TCE/BA, ao mostrar a fotografia da atual composição do plenário e uma outra com a primeira formação da bancada de conselheiros, no ano de fundação da Casa de Contas da Bahia (em 1915).

O conselheiro relator falou da sua felicidade por ter completado com êxito a tarefa que recebeu, de examinar as contas da administração estadual relativas ao ano de 2015 e fez questão de homenagear a equipe de técnicos que o assessorou na tarefa. “Foi mais importante ainda porque decidimos, na medida do possível, a adoção das nova metodologia determinada pela Resolução 164/2015 do Tribunal, que dividiu a apresentação deste trabalho em duas seções, uma analítica, composta pelos achados auditoriais, de autoria do corpo técnico do TCE, e uma conclusiva, a cargo do relator, compondo um só documento, o que a equipe conseguiu cumprir com muito sucesso”, destacou João Bonfim.

IMG 7466 2Os documentos serão encaminhados pelo TCE/BA para os órgãos da administração estadual e representantes dos poderes Legislativo e Judiciário, além do Tribunal de Contas da União e Tribunais de Contas Estaduais. A versão completa do Relatório e Parecer Prévio possui 558 páginas, enquanto a simplificada resultou num livro com 146 páginas. A equipe de assessoramento do conselheiro relator ainda está finalizando os detalhes para a impressão de uma “versão cidadã” do Relatório e Parecer Prévio, que deverá ter uma distribuição mais ampla para diversos segmentos da sociedade.

TCE/BA solicitou, em 2014, ações de manutenção no Centro de Convenções da BahiaPor meio da Resolução 185/2014, publicada em 22 de setembro de 2014, o plenário do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA) determinou às autoridades responsáveis que fossem adotadas, com urgência, providências para sanear irregularidades identificadas na estrutura física do Centro de Convenções da Bahia, que sofreu um desabamento parcial na última sexta-feira (23.09).

Auditores do Tribunal haviam constatado a existência de corrosão acentuada nas estruturas metálicas, alagamentos, infiltrações em vários locais, fiação exposta, goteiras, comprometimento de saídas de emergência, além da falta de um Plano de Segurança para Situações de Pânico (PSSP).

A resolução, que teve como relator o conselheiro Gildásio Penedo Filho, foi resultante de um relatório de auditoria realizada pela 3ª Coordenadoria de Controle Externo (CCE), concluída em dezembro de 2013, quando foi apontada a necessidade de ações urgentes de manutenção nas instalações do Centro de Convenções da Bahia pela administração estadual.

Conselheiro Inaldo Araújo profere palestra sobre fraudes na administração públicaO presidente do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA), Inaldo da Paixão Santos Araújo, foi um dos palestrantes do I Encontro Técnico de Combate à Corrupção, realizado no dia 23.09, no auditório do Tribunal de Contas do Estado de Alagoas (TCE/AL), em Maceió. O conselheiro-presidente palestrou sobre o tema "Breve abordagem sobre fraudes na Administração Pública", considerando o atual cenário político, marcado pelos fatos de corrupção explicitados na mídia, e a proximidade das eleições municipais de 2016.

Para o presidente Inaldo Araújo, o TCE/AL foi muito feliz ao convidar palestrantes para abordar temas pertinentes ao Controle Social a fim de instrumentalizar a sociedade na fiscalização e aplicação do dinheiro público. “Foi gratificante falar sobre instrumentos de combate à corrupção e sobre administração pública para um auditório lotado, num momento em que futuros gestores estão prestes a ser eleitos. É fundamental que os órgãos de controle alertem sobre a necessidade de uma administração pública eficaz e transparente. A Escola de Contas do Estado de Alagoas acertou ao idealizar esse primeiro encontro técnico. Espero que o exemplo seja seguido".

IMG 20160926 WA0003 2Confira a programação do evento

8h – Credenciamento

8h40min. - Abertura – Conselheiro Anselmo Roberto de Almeida Brito – Diretor-Geral da Escola de Contas Públicas Conselheiro José Alfredo Gaspar de Mendonça (TCE/AL)

9h – Palestra de abertura:
“Combatimento às desvirtuações e corrompimentos na Administração Pública”
CONSELHEIRO JOSÉ RIBAMAR CALDAS FURTADO - TCE/MA

9h40min. - PRIMEIRA MESA REDONDA
1º Painelista: DR. JOSÉ WILLIAM GOMES - CGU/AL
2º Painelista: DR. JOSÉ CARLOS CASTRO – FOCCO/AL
3º Painelista: DR PEDRO BARBOSA – MPC/AL
Moderador: – LÍDIA MALTA – ATC JURÍDICOS

10h40min. – Palestra de lançamento do Livro: “O OVO DA SERPENTE”
Autoria: CONSELHEIRA DORIS DE MIRANDA COUTINHO – TCE/TO

11h20min. - SEGUNDA MESA REDONDA
1º Painelista: DRA. KARLA PADILHA REBELO MARQUES – MPE/AL
2º Painelista: DR. SANDRO AUGUSTO DOS SANTOS – TJ/AL
3º Painelista: DR. ALDEMAR MIRANDA MOTTA JÚNIOR – OAB/AL
Moderador: PROFº ADRUALDO CATÃO – UFAL

12h50min. – Palestra de encerramento:
“Breve abordagem sobre fraudes na Administração Pública”
CONSELHEIRO INALDO PAIXÃO SANTOS ARAÚJO – PRES. TCE/BA

13h10min. – Coquetel de lançamento do livro e sorteios de diversos livros.

Servidores do TCE/BA se capacitam no Programa Líder Coach e Gestão para ResultadosCom o objetivo de capacitar seus líderes e aperfeiçoar a gestão, o Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA) proporcionou para 42 servidores a participação no Programa Líder Coach e Gestão para Resultados, que ocorre nos dias 26, 27 e 28.09, no Hotel Mercure, Rio Vermelho. O programa é financiado pelo Banco Mundial por intermédio do Swap. Idealizado pela empresa Cozex, o programa trabalha com três vertentes: Comportamento e liderança para alta performance; Gestão e gerenciamento do dia a dia; e Coaching. De acordo com representantes da empresa, a conjunção desses pilares aumenta o resultado da empresa em até 60%.

O superintendente técnico do TCE/BA, José Raimundo Bastos Aguiar, entende que o curso é mais uma ferramenta oferecida pela Corte de Contas visando ao aperfeiçoamento da gestão pública. "Em um ambiente cada vez mais desafiador para a administração pública e, principalmente, para os órgãos de controle, a oferta do curso de Gestão de Alta Performance, Liderança para Resultados e Coaching representa mais um esforço do TCE para qualificar os seus servidores, no sentido de assegurar que a Instituição esteja cada vez mais apta a alcançar um desempenho compatível com o esperado pela sociedade", salientou José Raimundo.

Para o auditor estadual de controle externo Roberto Tenório, o curso chegou em um momento muito oportuno para os servidores do Tribunal. “Vivemos um momento muito especial. Juntos, com a consultoria da Deloitte Touche, estamos desenvolvendo um trabalho na área de gestão de pessoas. Nós torcemos para que mais gestores participem, ampliem seus conhecimentos e para que mais líderes sejam formados”, disse.

Na avaliação da chefe de gabinete da presidência, Cláudia Colavolpe, o aprendizado é algo que é sempre bem-vindo. “Hoje estamos tendo a oportunidade de trocar ideias, conhecer um pouco mais sobre os colegas e aprender a lidar com eles. O aprimoramento é muito importante, e a base da nossa gestão é justamente a busca do aprimoramento dos seus servidores. Então eu não poderia esperar nada diferente”, conclui.

O evento é aberto para servidores do TCE/BA e de outras instituições, que estão tendo a oportunidade de participar de exposições e atividades práticas.

Página 643 de 798