Testes de glicemia marcam campanha de prevenção ao diabetes"Se Cuide! Faça o exame de glicemia". A mensagem é um convite para que os servidores do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA) compareçam em peso, na sexta-feira (11.11), no estande instalado no térreo do edifício Conselheiro Joaquim Batista Neves, das 8h às 9h30, para verificar os níveis de glicose no sangue.

Idealizada pelo Serviço Social (Seras), a Campanha de Prevenção ao Diabetes integra a programação do Dia Mundial do Diabetes – 14 de novembro, criada pela International Diabetes Federation (IDF), em parceria com a Organização Mundial da Saúde (OMS), para chamar a atenção ao crescente número de casos da doença em todo o mundo.

As consequências do diabetes, a longo prazo, incluem disfunção e falência de vários órgãos, especialmente rins, olhos, nervos, coração e vasos sanguíneos. Quando não controlada, a enfermidade traz consequências graves. É a causa mais comum de amputação de membros inferiores não-traumática. Pode provocar cegueira irreversível, doença crônica renal, partos prematuros e mortalidade materna.

O diabetes tipo 1 é capaz de reduzir a expectativa de vida em 15 anos. Para o tipo 2, a expectativa de vida é reduzida de 5 a 7 anos. Adultos com diabetes têm risco duas a quatro vezes maior de apresentar doenças cardiovasculares e acidente vascular cerebral.

PREVINA-SE CONTRA O DIABETES:

1 – Pratique atividades físicas regularmente;

2 – Reduza o seu peso (entre 5% a 10% do peso);

3 – Aumente a ingestão de fibras alimentares (frutas, verduras, legumes, cereais integrais);

4 – Evite o consumo excessivo de alimentos ricos em gordura saturada e colesterol (gorduras de origem animal, carne de porco, linguiça, embutidos em geral, frutos do mar, miúdos, vísceras, pele de frango, gema de ovo, carne vermelha com gordura aparente, leite e iogurte integral, manteiga, creme de leite, leite de coco, azeite de dendê e chocolate), além de carboidratos simples (açúcar, mel, garapa, melaço, rapadura e doces em geral);

5 – Não fume;

6 – Evite o consumo excessivo de bebidas alcoólicas.

Nova edição do livro

O Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA) convida para o lançamento do livro "Caminhos de Contas - A História do Tribunal de Contas do Estado da Bahia", edição revista e ampliada, da autoria de Dilton Oliveira de Araújo e Geraldo Ramos Soares. O lançamento ocorrerá às 14h30 do dia 8/11/2016, quando os autores receberão os cumprimentos e recepcionarão os convidados no foyer do Plenário.

Local: Plenário do TCE/BA
Data: 8/11/2016
Horário: 14h30

Auditor do TCE/BA é 3º lugar no 9º Prêmio SOF de Monografias

O auditor estadual de controle externo Bruno Ventim, da Gerência 7 D do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA), foi o terceiro colocado do 9º Prêmio SOF de Monografias 2016, que teve como tema “A qualidade do gasto público com a Lei Rouanet: uma análise da eficácia da política pública”. O concurso teve por objetivo estimular a pesquisa sobre orçamento público, seus problemas, desafios e perspectivas, reconhecendo trabalhos de qualidade e de aplicabilidade na administração pública.

O prêmio foi a primeira experiência de pesquisa acadêmica do servidor, já que, apesar de possuir duas graduações, ele nunca teve a oportunidade de passar por um processo de pesquisa e elaboração de um trabalho científico. Para Bruno Ventim, a experiência foi muito gratificante, principalmente por se tratar de um tema que possui uma forte ligação com a sua realidade profissional.

O servidor disse ainda que a vivência como auditor no TCE/BA foi essencial na elaboração do trabalho. “O TCE/BA é uma instituição de reconhecida capacidade técnica na área de auditoria operacional. Tive a oportunidade de participar de algumas delas e essa experiência me ajudou muito na elaboração do trabalho. Foi gratificante perceber como a prática profissional pode caminhar tão próximo da pesquisa acadêmica”, conclui.

O 9º Prêmio SOF de Monografias foi promovido pela Secretaria de Orçamento Federal do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (SOF/MP) em parceria com a Escola de Administração Fazendária (ESAF), tendo o apoio da Associação Brasileira de Orçamento Público (ABOP) e o patrocínio do Banco do Brasil.

Confira o resultado do prêmio aqui.

Servidores da Uefs e da SEC participam de treinamento da ECPL

Vinte servidores da Unidade de Recursos Humanos e Desenvolvimento de Pessoal da Pró-reitoria de Administração e Finanças da Universidade Federal de Feira de Santana (Uefs) participaram, na segunda-feira (31.10), do Treinamento em Controle e Prestação de Contas de Convênios, ministrado no Campus da Uefs pela Escola de Contas Conselheiro José Borba Pedreira Lapa (ECPL).

O mesmo treinamento foi ministrado, dia 27.10, para 30 servidores da Secretaria de Educação do Estado (SEC) que atuam como controladores internos de convênios administrativos. A ação da ECPL foi modelada a partir da demanda da Unidade de RH da Uefs e da Assessoria de Planejamento e Gestão da SEC, que identificaram a necessidade de formação permanente de seus quadros, reconhecendo na Escola de Contas do TCE/BA a referência de expertise para tratar do assunto.

Na avaliação do diretor da ECPL, Luciano Chaves, instrutor do treinamento, “as parcerias entre os órgãos do estado para a promoção da qualificação dos agentes públicos é fundamental na atuação preventiva e no cumprimento do papel orientador do Tribunal na relação com os jurisdicionados, configurando-se numa importante contribuição da ECPL para o aperfeiçoamento da Administração Pública Estadual”.

2016 11 Nota ECPLnaSEC 1

2016 11 Nota ECPLnaSEC 2

-

 

2016 11 Nota ECPLnaSEC Destaque2

Vinte servidores da Unidade de Recursos Humanos e Desenvolvimento de Pessoal da Pró-reitoria de Administração e Finanças da Universidade Federal de Feira de Santana (Uefs) participaram, na segunda-feira (31.10), do Treinamento em Controle e Prestação de Contas de Convênios, ministrado no Campus da Uefs pela Escola de Contas Conselheiro José Borba Pedreira Lapa (ECPL).

O mesmo treinamento foi ministrado, dia 27.10, para 30 servidores da Secretaria de Educação do Estado (SEC) que atuam como controladores internos de convênios administrativos. A ação da ECPL foi modelada a partir da demanda da Unidade de RH da Uefs e da Assessoria de Planejamento e Gestão da SEC, que identificaram a necessidade de formação permanente de seus quadros, reconhecendo na Escola de Contas do TCE/BA a referência de expertise para tratar do assunto.

Na avaliação do diretor da ECPL, Luciano Chaves, instrutor do treinamento, “as parcerias entre os órgãos do estado para a promoção da qualificação dos agentes públicos é fundamental na atuação preventiva e no cumprimento do papel orientador do Tribunal na relação com os jurisdicionados, configurando-se numa importante contribuição da ECPL para o aperfeiçoamento da Administração Pública Estadual”.

2016 11 Nota ECPLnaSEC 1

2016 11 Nota ECPLnaSEC 2

-

 

Página 644 de 807