Não é novidade alguma que o hábito de fumar traz inúmeros malefícios à saúde. Para se ter uma ideia, cerca de 200 mil pessoas morrem por ano no país de doenças relacionadas ao tabagismo. Entretanto, muitos adeptos deste hábito – 25 milhões de brasileiros, para ser mais preciso – alegam ter prazer em fumar. Até aí, tudo bem. Mas quando a fumaça do cigarro, em ambientes fechados, passa a incomodar quem não fuma, vale o alerta para as normas de convivência. Principalmente no ambiente de trabalho. Aqui vão algumas dicas:

Evite fumar em ambientes fechados, como banheiros, corredores e patamares de escadarias

Quando quiser fumar, dirija-se sempre a lugares abertos, como estacionamentos ou terraços

Sete dicas para deixar o cigarro

1) Tome a decisão definitiva de parar de fumar. Portanto, tenha em mente que você realmente quer parar.

2) Avalie seu grau de dependência. É importante ter a percepção de que você tem chances de conseguir parar sozinho ou se precisa de ajuda médica. Rotina e programas sociais contam muito na decisão.

3) Elabore uma estratégia, considerando circunstâncias que podem ser mais adequadas. Será que não fica mais fácil dar o primeiro passo nas férias, longe dos fumantes do trabalho? Ou o melhor é na rotina sobrecarregada da profissão? Escolha o que é melhor para você.

4) Inicie o processo de redução. Ir diminuindo o número de cigarros consumidos por dia pode ajudar a amenizar os sintomas da abstinência.

5) Mude seus hábitos e faça exercícios físicos. É importante evitar situações “de risco”, como happy hour e danceterias – lugares em que muita gente vai estar fumando ao seu redor. A prática de esportes com regularidade melhora sua qualidade de vida e a saúde do seu organismo.

6) Use pastilhas e gomas de nicotina. Vendidos sem prescrição médica, eles devem ser encarados como uma substituição ao cigarro.

7) É quase certo que a ansiedade de quem está parando de fumar suba às alturas. Algumas dicas parar enfrentar os picos são: escovar os dentes com frequência, comer frutas, ter algo em mãos para poder rabiscar. Não fique parado.

Fonte: site www.euvouparardefumar.com

O conselheiro França Teixeira registrou moção de homenagem ao monsenhor Gaspar Sadoc pelos 96 anos de vida do religioso, completados no dia 20 de março. O registro foi acatado com grande satisfação e deferência pelos demais conselheiros do TCE na 10ª Sessão Plenária. França Teixeira ressaltou a importância do ex-pároco da Igreja da Vitória no cenário religioso da Bahia. “Neste momento, eu quero homenageá-lo e, homenageando-o, estou homenageando a própria Bahia pelo orador magnífico que ele é. Esta moção é uma oração que faço neste instante pela recuperação dele. É um homem que sofre todas as intempéries com resignação, perseverança e fé, transferindo para todos, nas palavras, a certeza de que a fé cura”, disse o conselheiro, referindo-se ao delicado estado de saúde do monsenhor.<p > Gaspar Sadoc da Natividade foi ordenado padre em 1941, iniciando sua vida religiosa na Paróquia da Liberdade, em Salvador. Depois assumiu a função de ministro da Igreja de São Judas Tadeu, no bairro da Baixa de Quintas, onde organizou a construção do Santuário de São Judas Tadeu. Ali, permaneceu 18 anos. Segundo o monsenhor, foi na Igreja de São Judas Tadeu que ele aprendeu a conviver com as outras religiões. Monsenhor Sadoc se aposentou na Igreja da Vitória, no bairro da Graça, um dos templos católicos mais tradicionais da capital baiana.

Ainda na 10ª Sessão Plenária, houve a moção de congratulação pela posse do novo presidente do Conselho Regional de Contabilidade, Wellington do Carmo Cruz. Estiveram presentes à solenidade de posse, no último dia 19 de março, o presidente do TCE-BA, conselheiro Zilton Rocha, o conselheiro Manoel Castro e quatro contadores do Tribunal: Henrique Pereira Santos, Inaldo da Paixão, Josué França e Nelson José do Carmo. O evento também celebrou os 65 anos do Conselho Regional de Contabilidade, ocasião em que foi lançado selo comemorativo dos Correios.

padresadoc copy copy

Imagem encontro técnico de auditoria operacionalO Instituto Rui Barbosa e o Tribunal de Contas da Bahia promovem, dia 26.03 (segunda-feira), o Encontro Técnico de Auditoria Operacional, cujo objetivo é tratar da consolidação dos trabalhos realizados pelos Tribunais de Contas brasileiros no âmbito das auditorias operacionais focadas na área de meio ambiente. Os trabalhos são acompanhados pelo Grupo Temático de Auditoria Operacional do Promoex. O evento, que ocorrerá de 9h às 12h no Plenário e de 14h às 16h no Ceice, tratará também da programação de auditoria operacional dos TCs. 

Confira abaixo a programação do evento:

26/03/2012 – SEGUNDA-FEIRA

PLENÁRIO (MANHÃ)

9h às 9h45min - ABERTURA DO ENCONTRO TÉCNICO

COMPOSIÇÃO DA MESA

Presidente do TCE-BA – Cons. Zilton Rocha

Presidente do TCM-BA - Cons. Paulo Maracajá Pereira

Presidente do IRB – Cons. Severiano Costandrade

Presidente da ATRICON – Cons. Antonio Joaquim

Vice-Presidente de Relações Institucionais do IRB – Cons. Otávio Lessa

Diretora Nacional do PROMOEX – Min. Planej. – Dra. Heloisa Garcia Conselheiros do Tribunal de Contas do Estado da Bahia

10h às 10h45min - PALESTRA: “A IMPORTÂNCIA DO MONITORAMENTO DAS AUDITORIAS”

Palestrante – Dr. Carlos Alberto Sampaio de Freitas – Secretário de Fiscalização de Avaliação de Programas de Governo (SEPROG) do TCU

10h45min às 11h – DEBATE

11h às 11h30min - PESQUISA DE AUDITORIA OPERACIONAL

Apresentação da pesquisa de auditoria operacional realizada em dez/2010 e discussão do formulário de atualização, em 2012, da pesquisa

Expositor – Dr. Paulo Eduardo Panassol – Auditor Público Externo do TCE-RS e Membro do Grupo Temático de Auditoria Operacional do PROMOEX

11h30min às 12h - AUDITORIA OPERACIONAL – ÁREA SANEAMENTO

Apresentação do resultado das auditorias operacionais realizadas pelos TCs na área de saneamento

Expositores – Dr. Paulo Gomes Gonçalves - Diretor da SEPROG do TCU e Dra. Lídia Maria Lopes da Silva – Auditora de Contas Públicas do TCE-PE, membros do Grupo Temático de Auditoria Operacional do PROMOEX

12h às 14h - INTERVALO PARA ALMOÇO


26/03/2012 – SEGUNDA-FEIRA

CEICE (TARDE) - 14h às 16h

PROGRAMAÇÃO DAS AUDITORIAS OPERACIONAIS PARA 2012

Áreas sugeridas no Plano de Ação: infraestrutura, segurança e acessibilidade de pessoas com deficiência

Apresentação pelos TCs das suas programações de auditoria operacional

Monitoramento/acompanhamento das auditorias (designação dos monitores)

16h às 16h15min - COFFEE BREAK

16h15min às 18h - CONSOLIDAÇÃO DOS TRABALHOS DE AUDITORIA OPERACIONAL NA ÁREA DE MEIO AMBIENTE

Posição dos relatórios de auditoria dos TCs

Posição do formulário de categorização dos achados de auditoria e recomendações

Prazo para consolidação das auditorias

Elaboração de Folder dos resultados das auditorias

Editoração e divulgação do folder dos resultados das auditorias

 

 

O servidor do TCE Domingos Alberto de Almeida, 60 anos, ficou em 3º lugar na 2ª Corrida do Servidor Público, realizada domingo (11.03) no Centro Administrativo da Bahia. Domingos garantiu a medalha de bronze ao percorrer os 5 km da meia-maratona na categoria 60 anos. Logo na largada, ele teve uma surpresa ao perceber que o cadarço de um dos tênis estava desamarrado, mas o tempo perdido foi compensado com uma arrancada na reta final. “Perdi um tempo no início da prova para amarrar o calçado, mas depois dei um split (aceleração) nos duzentos metros finais e consegui subir ao pódio”, conta Pardal, como é carinhosamente conhecido na Gepro, onde está lotado.

A paixão de Domingos pelo atletismo começou quando ele tinha 28 anos. O atleta revela que o futebol contribuiu para manter o bom preparo físico nas provas. “Sempre joguei bola com os amigos e procuro me exercitar. O importante não é o troféu nem a medalha, mas sim a participação nas corridas e buscar os hábitos saudáveis de vida”, revela o corredor. Enquanto exibe com orgulho a medalha conquistada na última competição, Domingos não perde tempo e já se prepara para um novo desafio. Afinal, como ele próprio explica, manter a mente ocupada e exercitar o corpo são as melhores formas de subir ao pódio da terceira idade.

052 copy

 É com grande pesar que o TCE comunica o falecimento do conselheiro substituto Jaime Amorim e do conselheiro Xavier Neto, do TCE do Piauí. Os dois foram vítimas de um acidente de avião monomotor que se chocou na manhã de quarta-feira (6.03) na Serra da Espingarda, nas proximidades do município de Eliseu Martins. O piloto também faleceu. Na 7ª Sessão Plenária, ocorrida no dia 8.03, moção de pesar pela morte dos dois conselheiros foi aprovada por unanimidade.

 

Página 721 de 804